COLUNAS



COLUNA DO TECAU

com


Luiz Antonio Tecau

Luzia e Dado: Mas será pussívi, gente?




Fotomontagem: LP

Eleições 2020: será que vai ter?

Enquanto o coronavírus  toma o centro das atenções em praticamente todos os veículos de comunicação, nos bastidores da política camboriuense o que ferve é a pauta da próxima eleição. Há inclusive muita indefinição se de fato haverá eleições esse ano. Duas grandes figuras da cena política local juram juradinho que o pleito não acontecerá em outubro, como está previsto. Segundo essas fontes, rumores vindos de Brasília apontam que a nova data ainda estaria sendo definida, e que provavelmente será  em novembro ou dezembro.

Podemos com tucana? 

Surgiu esse rumor: Eduardo Melo Rebelo, o Dado,  que foi vereador por vários mandatos pelo MDB, ex-secretário de Agricultura do governo Elcio e atualmente no Podemos do Ramon, John Lenon e Umberto Sell, poderia ser o vice da Luzia numa dobradinha com o PSDB. Será? A verdade é que não é de hoje que o Dado sonha em  ser vice-prefeito de Camboriú. 

Porém…

Como já disse antes, o Podemos abriga um trio que já declarou pré-candidatura: Ramon, John Lenon e Sell  gravaram seus vídeos anunciando suas respectivas pré-candidaturas para a majoritária. Consegui falar com Ramon e John, que atenciosamente responderam meu questionamento.  

Ramon Jacob

Ramon não gostou do rumo da prosa. Disse que não é momento de falar de política (no que eu discordo totalmente), descartou qualquer aproximação com o MDB de seu antigo aliado Elcio Kuhnen. Mas não descarta uma dobradinha Podemos/PSDB, mas com seu partido na cabeça da chapa:
“Estamos em um momento de pandemia que gerou uma crise na saúde e na área econômica, não estamos em um momento de falar de política, é um momento de união para superarmos estas crises, tendo em vista que não sabemos ao certo se vamos ter eleições este ano. Entretanto para não deixar sua pergunta sem resposta é importante reafirmar que o Podemos terá Candidato próprio a prefeito nas eleições municipais. Com a consolidação do projeto que tivemos ao fim das filiações muitos partidos procuram o Podemos, tem a possibilidade de o PSDB enviar o vice na chapa do Podemos. Recebemos até mesmo uma sondagem do MDB que foi descartada sumariamente. Temos um grande projeto para a cidade e um grupo de pessoas competentes, Umberto Sell, Eduardo Mello, John Lennon, Ramon Jacob e Ciro Dellagnelo estão entre os nomes que vão ocupar a majoritária e trazer Camboriú para o desenvolvimento econômico necessário para transformar a cidade.”

John Lenon 

O vereador, que até pouco tempo fazia parte do ninho tucano,me respondeu o seguinte:
 “Acredito que o Podemos possuí um grande time, com bons nomes tanto na majoritária como para a proporcional, gerando interesse de outros partidos numa eventual composição, minha posição no momento é pela candidatura própria do Podemos, e estou trabalhando focado para que isso ocorra, sobre possíveis coligações vamos decidir com nossos líderes no momento oportuno.

E a ex-prefeita?

Luzia me disse que tudo não passa de mera especulação. “Não tem nada disso, hoje todo mundo levanta hipóteses, mas a eleição está longe e por enquanto nada foi definido”. Porém, ela não descarta  completamente a possibilidade de uma coligação com o partido de Dado. “Só louco rejeita apoio”, declarou a tucana, encerrando a conversa.

Por ora, é isso.

Sobre Luiz Antonio Tecau

Editor Chefe


Sobre a Coluna

Coluna do Tecau

Um giro sobre o que desperta o interesse na cidade, no Brasil e no mundo, por Luiz Antonio Tecau.


COMENTÁRIOS