COLUNAS



TEMPO E POEMA

com


Ricardo Oliveira

DA AURORA DA MINHA VIDA




Foto: Divulgação

Nunca pensei...
Confesso que havia pensado.
Nunca imaginei...
Mas, confesso já ter imaginado.
Que da aurora da minha vida,
Chegariam aos meus vinte e sete anos,
Enriquecido de tanto gozo,
Em defender o que outrora havia escrito.
Não se trata de poesias.
Embora saudosa seja a de Fernando Pessoa...
No qual acrescentei junte das minhas,
Neste trabalho, onde não desejo a fama.
Só sei que estarei pronto!
E todos eram me ouvir.
Multidões emudeceram, quando,
A boca eu porventura abrir?
Sim,
Meus lábios e meus ouvidos.
Saberão de minha história.
E dos meus sonhos voluptuosos: Ah! Nunca pensei... Confesso que havia pensado. Nunca imaginei... Mas, confesso já ter imaginado.

Ano: 2012
Ricardo Oliveira
Escritor, Poeta, Colunista e Professor
Email: oliveirapoeta.oliveira@gmail.com
Site: ricardoliveira.prosaeverso.net
Grupo no facebook: TV Folhetim 

Sobre Ricardo Oliveira


Sobre a Coluna

Tempo e Poema

Uma coluna cheio de beleza, cujo versos são sentidos e significados para a manifestação da humanidade, e pelo qual se estabelece o sentimento refletido nas palavras e seus mistérios poéticos.


COMENTÁRIOS