ECONOMIA

Preço dos combustíveis sofrerá novo aumento
Petrobras diz que preços praticados nas refinarias são baseados no valor do produto no mercado internacional e na taxa de câmbio



A Petrobras anunciou que os preços da gasolina, óleo diesel e gás de cozinha vendido nas refinarias terá novo aumento. A participar de terça-feira (2), a gasolina sobre R$ 0,12 por litro – ou seja, ficará 4,8% mais cara, sendo vendida às distribuidoras por R$ 2,60 o litro.

Já o óleo diesel terá aumento de 5%: R$ 0,13 por litro. O preço para as distribuidoras passará para R$ 2,71 por litro. O gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido como gás de cozinha, vai ficar 5,2% mais caro. O preço para as distribuidoras vai ser de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro).

A Petrobras explica que os preços praticados nas refinarias são baseados no valor do produto no mercado internacional e na taxa de câmbio. A nota divulgada pela empresa ainda esclarece que os preços das refinarias são diferentes dos percebidos pelo consumidor final. “Até chegar ao consumidor são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis”, destaca nota.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ECONOMIA  |   18/03/2021 10h57





ECONOMIA  |   10/03/2021 11h00


ECONOMIA  |   19/02/2021 10h49