GERAL

Camboriú deve decretar situação de emergência
Decreto permitirá que as pessoas atingidas pelo alagamento saquem o FGTS


Durante reunião, foram apresentados relatórios preliminares dos estragos causados pelas fortes chuvas. (Foto: Prefeitura de Camboriú)

O Grupo de Resposta e Ações Coordenadas (Grac) de Camboriú se reuniu na manhã desta quinta-feira (10) para avaliar os danos causados pelas chuvas de terça (8) e quarta-feira (9). O prefeito Elcio Rogério Kuhnen (MDB) deve decretar situação de emergência nas próximas horas. Isso permitirá que as pessoas atingidas pelo alagamento saquem o FGTS.

A reunião foi coordenada pelo prefeito. Foram apresentados relatórios preliminares dos estragos causados pelas fortes chuvas. O acúmulo de água em Camboriú chegou a 198 mm em 24 horas. Mais de 500 pessoas foram atingidas de alguma forma pelos alagamentos. Cerca de 200 precisaram deixar suas casas e 22 precisaram passar a noite no abrigo montado pela prefeitura.

O Grac é formado pelas secretarias de Proteção e Defesa Civil, Obras, Desenvolvimento e Assistência Social, Gabinete do Prefeito e Procuradoria, além do Corpo de Bombeiros.
 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GERAL  |   19/06/2021 15h00


GERAL  |   18/06/2021 14h48