COMUNIDADE

Marido mata esposa e tenta suicídio
A vítima de feminicídio foi morta por três disparos de arma de fogo, quando tentava sair do convívio familiar




Foto: Arquivo Pessoal

Na manhã do último domingo (19), Leonice Alexandrina Teixeira Bechtold, de 32 anos, foi morta a tiros pelo marido, de 34 anos, na Estrada Geral do Braço, no interior de Camboriú. O crime aconteceu após o casal ter discutido. 

Após atirar contra Leonice, o homem efetuou um disparo em sua própria cabeça, mas foi socorrido por familiares e levado ao Hospital Ruth Cardoso. Segundo a Polícia Militar, o autor está vivo, mas em estado grave. 

Uma testemunha, que esteve presente no momento do crime, relatou à PM que Leonice estava se saindo da casa, para deixar o convívio familiar, retirando suas coisas e colocando no carro, quando o autor chegou, bastante alterado e começou uma discussão. Em seguida, a testemunha ouviu três disparos, e quando visualizou o casal novamente, a vítima estava alvejada no chão, e o autor também ferido. 

Quando o Corpo de Bombeiros chegou para prestar atendimento, Leonice já teria vindo a óbito. No local, a PM encontrou estojos que indicam serem provenientes de uma pistola. A arma não foi localizada.

Leonice era secretária da Escola Municipal Clotilde Ramos Chaves. Ela deixa dois filhos, um de 6 anos e outro de 2 anos. 

O sepultamento será hoje, em horário não divulgado.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMUNIDADE  |  27/11/2020 - 15h





COMUNIDADE  |  26/11/2020 - 15h


COMUNIDADE  |  25/11/2020 - 17h