COMUNIDADE

Moradora de Camboriú está retida em Minas Gerais e pede ajuda para voltar para casa
Almeni Martins não consegue voltar para Camboriú devido a proibição do tráfego de ônibus interestaduais




Foto: arquivo pessoal

Uma moradora de Camboriú está há cerca de três meses retida no interior do estado de Minas Gerais. Almeni foi para MInas para realizar exames e foi pega de surpresa pela pandemia do novo coronavírus. Com o decreto do governo de Santa Catarina, que proíbe ônibus interestaduais, a moradora não consegue voltar para a sua casa. 

No final de fevereiro, Almeni foi para a cidade de Coronel Fabriciano, em Minas Gerais, para fazer exames de rotina, pois seu plano de saúde atende apenas no estado. Porém após realizá-los, a moradora de Camboriú foi obrigada a se manter em Coronel Fabriciano por conta da pandemia. No dia 17 de março, o governador do Estado de Santa Catarina assinou o decreto que proibia o tráfego de ônibus, tanto municipais e intermunicipais quanto interestaduais. 

Desde então, Almeni tem ficado na casa de amigos em Minas Gerais, mas que após tanto tempo longe de casa, ela se encontra aflita. “Estou agoniada, tenho depressão e já engordei mais de 10 quilos de tanta ansiedade. Me ajudem, por favor”, diz. 

A moradora, que reside no bairro Areias,  ainda explica que os ônibus estão indo até São Paulo, mas por conta do decreto dos governadores, ela não consegue voltar para sua casa aqui em Camboriú. Recentemente, ela conversou com o prefeito de Coronel Fabriciano através do Facebook. Ele afirmou que não pode ajudar com passagens, por se tratar de linhas interestaduais, fora de circulação no momento. Pelas redes sociais, ela chegou a pedir ajuda para o Governo do Estado, mas não obteve resposta. 

“Não tenho como ir embora sem ônibus”, comenta. Em um vídeo exclusivo para o LP, Aimeni pede a ajuda de moradores ou até mesmo, da Prefeitura de Camboriú, para que consiga voltar para a sua casa. “Estou pedindo a todos vocês que estiverem me ouvindo, as autoridades, para me ajudarem a ir embora para a minha casa. Por favor, me ajudem”, pede na gravação.


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMUNIDADE  |  11/08/2020 - 11h





COMUNIDADE  |  10/08/2020 - 16h


COMUNIDADE  |  03/08/2020 - 16h