GIRO SC

Oito pessoas são indiciadas por trocar cestas básicas por votos nas eleições de 2020
Cestas básicas eram desviados da Secretaria de Assistência Social


Foto: Polícia Civil/arquivo

A Polícia Civil indiciou oito pessoas por um suposto desvio de cestas básicas da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Barra Velha. As cestas básicas eram usadas para troca de votos na campanha eleitoral de 2020. As investigações são da Divisão de Investigação Criminal de Itajaí e da Delegacia de Polícia da Comarca de Barra Velha.

No dia 13 de outubro de 2020, antevéspera do primeiro turno das eleições municipais de 2020, foi identificada a entrega de um carregamento de cestas básicas em uma sala comercial no centro de Barra Velha. Segundo denúncias, o local funcionaria como comitê eleitoral e as cestas básicas seriam utilizadas para compra de votos.

Segundo a apuração, ficou demonstrado que havia descontrole da distribuição das cestas básicas por parte da Secretaria de Assistência Social. Das cerca de cinco mil cestas básicas adquiridas pela prefeitura em 2020, quase 2 mil, cerca de 38%, foram distribuídas sem qualquer tipo de controle. Contudo, foram identificadas fraudes também dentre aquelas que seguiram todo o procedimento previsto.

A investigação identificou o envolvimento de oito pessoas suspeitas de atuarem no esquema. Elas foram indiciadas pelos crimes de peculato e corrupção eleitoral. A Polícia Civil concluiu o inquérito e encaminhou ao Ministério Público e à Justiça.
 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



GIRO SC   |   24/05/2022 20h41





GIRO SC   |   19/05/2022 17h04