MERCADO FINANCEIRO

Posto em Balneário Camboriú vai vender gasolina a R$ 4,99
Baixo preço faz parte do Dia Livre de Impostos


Foto ilustrativa

A CDL Jovem, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú; o Núcleo Jovem Empreendedor, da Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (Acibalc); e o Instituto Brasileiro de Gestão e Planejamento Tributário (IBGPT) promovem o Dia Livre de Impostos (DLI). Com a iniciativa, o Posto Mime Centreventos, no bairro São Judas Tadeu, em BC, vai vender a gasolina a R$ 4,99 na quinta-feira (2).

A campanha inicia às 16h e cada motorista poderá abastecer até 20 litros. Ao todo, o posto irá comercializar 2 mil litros de gasolina comum sem o acréscimo dos impostos como forma de protesto à alta carga tributária do país. O Posto Mime vai atender por ordem de chegada na fila e seguir a sequência de senhas, que serão distribuídas no dia no próprio posto. O pagamento do abastecimento deverá ser feito em dinheiro.

16 anos de DLI

Segundo levantamento de outubro de 2021 realizado pelo IBGPT, o Brasil tem a 14ª maior carga tributária do mundo. Além disso, é o segundo país que mais cobra impostos globalmente. Uma taxação pesada que não se reverte em serviços e equipamentos públicos para a população brasileira. No Brasil, o Dia Livre de Impostos é promovido há 16 anos pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) na luta contra o sistema tributário.

De acordo com Guilherme López, coordenador da CDL Jovem, a bandeira do DLI é fundamental porque evidencia o peso da carga tributária não só para os empresários, uma vez que muitos não percebem o quanto de imposto está relacionado aos produtos, mas também aos consumidores que tomam conhecimento sobre quanto de imposto está embutido em cada item adquirido. "Esse dia é importante para que a conscientização e percepção desse valor seja claro", completou.

Francine Batiston, coordenadora do Núcleo Jovem da Acibalc, afirma que essas ações do DLI são importantes para conscientizar e demonstrar para a população o quanto é pago de imposto sobre a gasolina. "Não é desconto, devemos conhecer o que pagamos de tributação para cobrar um melhor retorno deste investimento tão alto que fazemos no país e que volta de forma tão precária para nós".

Diretor do IBGPT, o advogado tributarista Thiago Alves explica que a forma como ocorre a tributação no Brasil é injusta porque pesa sobre os mais pobres. "Nosso país tributa principalmente sobre o consumo, limitando a própria possibilidade de as pessoas consumirem. Todo o processo até uma mercadoria chegar no ponto de venda é altamente tributado e, quando compramos alguma coisa, estamos pagando boa parte dela para o governo em impostos. Dinheiro que não vemos reverter em serviço público de qualidade", resume.

Além da ação no Posto Mime, a ação do DLI em Balneário Camboriú vem desenvolvendo uma ampla campanha nas mídias sociais da CDL e da Acibalc com informações relevantes sobre a alta carga tributária que incide sobre produtos como vinho, chocolate e pizza. Ainda no mês de junho, CDL, Acibalc e o IBGPT também promoverão um bate-papo com empresários sobre o tema, na sede da CDL BC.
 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



MERCADO FINANCEIRO  |   30/06/2022 14h39





MERCADO FINANCEIRO  |   30/06/2022 13h48


MERCADO FINANCEIRO  |   29/06/2022 22h01