POLÍCIA

Corpo de homem é encontrado na sede da associação dos servidores de Camboriú
O local é aberto, sem restrição de acesso, e segue com aspecto de abandonado


Estado da associação em julho de 2021. (Foto: Luiz Tecau/arquivo LP)

Um homem foi encontrado morto na sede da Associação dos Servidores Públicos de Camboriú, na rua Osvaldo Minella, no bairro Cedro. A Polícia Militar foi acionada por volta das 17h desta segunda-feira (20).

A vítima não foi identificada. Ela estava deitada de barriga para baixo e com marcas de violência na cabeça, quando a PM chegou. Segundo a polícia, o homem tem características de ser usuário de crack. Ele foi encontrado na parte de dentro da associação.

O local está em estado de abandono. Em julho de 2021, o Linha Popular fez uma matéria sobre a situação que a associação estava. E, desde então, nada parece ter mudado.

Na época, a presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Camboriú (Sisemcam), Luciana Sobota, disse que uma das promessas do prefeito Elcio Rogério Kuhnen (MDB) durante a campanha eleitoral era repassar o espaço para que servisse de sede para o sindicato, assim economizariam no aluguel, que é pago pelo sindicato, e também administrariam o espaço.
Ainda à época, o gabinete do prefeito disse que houve a intenção de repassar o espaço ao sindicato. Mas, em conversa com o jurídico municipal, chegaram ao entendimento de que, pelo fato do espaço pertencer a prefeitura, ele não pode ser repassado ao sindicato.

O local é aberto, não há muros ou portões, o que facilita o vandalismo e depredação. A prefeitura disse que compraria material, através de licitação, para fechar o local e evitar o acesso de usuários de drogas, por exemplo. E depois de cercado o local, seriam feitos os reparos estruturais.

A prefeitura tinha, ainda, a intenção de colocar alguma secretaria para funcionar no local. Até se falou em remanejar a Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam) para o local, contudo, a ideia parece ter sido descartada ou colocada em pausa. Como a Fucam paga aluga, isso reduziria os gastos da prefeitura. 

Em breve, o LP trará informações sobre a situação da associação e o que deve ser feito no local.
 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM