COMUNIDADE

Cinzas de Shurastey chegam a Santa Catarina
Cachorro morreu após acidente nos Estados Unidos, junto com o tutor Jesse


Foto: arquivo pessoal

As cinzas do cachorro Shurastey chegaram a Santa Catarina. O cachorro morreu com o tutor Jesse Koz após um acidente nos Estados Unidos. O corpo de Jesse foi velado em Balneário Camboriú, no dia 6 de junho. No perfil oficial do cachorro, administrado pela tia de Jesse, foi informado que as cinzas de Shurastey vieram para o Brasil no domingo (31).


O corpo de Shurastey foi cremado em 26 de maio. O procedimento foi pago com dinheiro arrecadado em uma vaquinha online. Em três horas a meta de arrecadação foi atingida: R$ 120 mil. A legislação internacional exige que o translado dos restos mortais do golden retriever para o Brasil seja feito após cremação. Ou seja, é permitido o translado das cinzas.

Ainda não foi anunciado se a cinza do Shurastey e seu tutor, Jesse, serão jogadas em algum lugar especial juntas.

Acidente em maio

Jesse Koz, de 29 anos, e Shurastey se envolveram num acidente de trânsito perto de Portland, nos Estados Unidos. A batida foi na manhã de 23 de maio, perto das 10h30, no quilômetro 19 da Hwy 199. A dupla viajava as américas num Fusca, com o objetivo de chegar ao Alasca. A aventura era compartilhada nas redes sociais para milhares de seguidores.

Outro casal de viajantes influenciadores acompanha, em outro veículo, Jesse e Shurastey, que já estavam no final da jornada rumo ao Alasca. Diego Strutz e Roana Petri Celeste contaram que Jesse não conseguiu frear a tempo quando um carro parou na rodovia para fazer uma conversão à esquerda.

Jesse bateu com o Fusca de frente com um Ford Escape. O motorista deste carro fiquei ferido e foi levado para o hospital. Uma criança de dois anos, que estava no Ford, não ficou ferida.

.








 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMUNIDADE  |   10/08/2022 14h21





COMUNIDADE  |   08/08/2022 13h38


COMUNIDADE  |   08/08/2022 10h10