EDUCAÇÃO

R​ematrículas do Latarte acontecem até sexta-feira (30)
Vagas que não forem preenchidas serão ofertadas a alunos da fila de espera




Foto: Divulgação

As rematrículas do Grupo Socioeducacional e Cultural Latarte estão abertas até sexta-feira (30). Ao todo são 180 vagas disponibilizadas para crianças e adolescentes de 04 a 17 anos, a prioridade será para as rematrículas, porém as vagas que não forem preenchidas serão ofertadas para alunos que estão na fila de espera a partir do dia 10 de dezembro. 

Com 14 anos de história em Camboriú, o Latarte desenvolve atividades socioeducativas através da arte no período contraturno das aulas dos integrantes. No local são realizados projetos como Acordes Sustentáveis que desenvolve a musicalização rítmica, aulas violão e expressão cultural, o Programa Futuro ao Pé da Letra que tem como foco a alfabetização lúdica e o Projeto Caminho Seguro que leva e busca os pequenos na escola. 

Além disso, também são realizadas aulas de judô e coral, acompanhamento psicológico, e atividades de apoio escolar, como apoio nas tarefas escolares e reforço. O Grupo tem como objetivo promover a cidadania e a defesa dos direitos da criança e do adollescente através das ações realizadas na instituição. 

O Latarte é uma referência em Camboriú e também no estado de Santa Catarina, por apresentar resultados elevados em relação a formação pessoal, cidadania das crianças, e também de aprendizado, pois aponta 97% de aprovação escolar. 

Para realizar a rematrícula, os integrantes devem até o dia 30 levar documentos como comprovante de residência, atestado de frequência, RG e certidão de nascimento da criança e adolescente e CPF e RG dos pais. Após o dia 31, as rematrículas estarão encerradas e os participantes que não tiverem realizado perderão a vaga que será disponibilizada a quem está na fila de espera. No dia 10 de dezembro, a matrícula para novos integrantes estará aberta para quem está na fila de espera.     

A instituição atende atualmente cerca de 180 alunos. Simone Clemente Amaral, professora de coral da instituição, acredita que neste ano haverá mais vagas para quem está na fila de espera, isso por conta da pandemia, já que parte dos adolescentes deve desistir por estarem em casa ou trabalhando durante o período.

A lista de espera do Latarte conta com mais de 400 nomes. Simone diz que a partir do dia 10 de dezembro, o grupo começa a entrar em contato com essas famílias, mas que por ser extensa é complicado, já que alguns deles estão à espera há bastante tempo, e esquecem de atualizar os dados do cadastro. “Acontece bastante de a gente ligar e já não ser mais o mesmo número, não morar no mesmo endereço, por isso é importante que do dia 10 em diante quem estiver na lista venha até o Latarte para atualizar esses dados e não perder a vaga”, explica a professora. 

Quem desejar entrar na fila de espera deve ir até o espaço do grupo, localizado na Rua Monte Serra Negra, nº300 no distrito Monte Alegre e realizar um cadastro. Os Alunos que forem chamados para realizar a matrícula devem levar os mesmos documentos listados para a rematrícula. 


 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






EDUCAÇÃO  |  23/11/2020 - 15h


EDUCAÇÃO  |  05/11/2020 - 12h