COMUNIDADE

Cavalos soltos no Jardim Europa geram incômodo para moradores do loteamento
Animais são de propriedade de um homem que não mora no local




Foto: Divulgação

Os moradores do loteamento Jardim Europa têm sofrido incômodos por causa de diversos cavalos que ficam soltos no local. A situação já acontece há alguns anos, e mesmo com as reclamações, o proprietário dos animais continua deixando-os livres pelas vias. 

Durante a maior parte do dia e às vezes, até durante a noite, cerca de 20 cavalos ficam soltos pelo loteamento. Segundo os moradores, o dono dos animais é morador do bairro, mas não mora no Jardim Europa. Mesmo assim, ele diariamente os leva para pastar entre as casas do local. “Ele solta os cavalos aqui e eles estragam as plantas, é um perigo ficar na rua, ainda mais porque tem crianças aqui que gostam de ficar brincando na frente das casas", explica a moradora Cassia Fernanda. 

Algumas denúncias já foram feitas para a Secretaria de Agricultura, quando Elcana Medeiros, o Caninha, era o secretário da pasta, e na época, ele chegou a conversar com o dono - que segundo informações, é seu amigo - para que a situação fosse resolvida, mas a denúncia não seguiu adiante. 

Cássia conta que desde que se mudou para o loteamento os animais ficam soltos e que a situação já causou diversos problemas, mas que atualmente está pior. Moradores já relataram terem o encanamento quebrado pelos cavalos ou terem se acidentado ao tentar desviar deles. “A gente já acordou durante a noite com o cavalo batendo com a cabeça na porta de vidro. Ele pode quebrar o vidro e se machucar, além do nosso prejuízo, pode machucar o bicho, e a hora que ele saiu galopando quase atingiu o nosso carro”, relata.


Na última semana, o proprietário conversou com um dos moradores e disse que no último sábado (21), iria retirar os animais do loteamento, mas até a tarde desta terça-feira (24), não houve nenhuma movimentação. Além disso, em outra conversa com Cássia, ele também informou que iria colocar os animais em um cercado no arrozal que fica atrás do Jardim Europa, porém o terreno também não é de sua propriedade. 

De acordo com informações dos moradores, o dono dos cavalos os compra para posteriormente revender, porém não tem um espaço para mantê-los. “O cavalo sofre por não ter um lugar adequado. Isso já é maus tratos!”, comenta Cássia.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMUNIDADE  |   22/01/2021 21h32





COMUNIDADE  |   21/01/2021 18h39


COMUNIDADE  |   18/01/2021 14h18