COMUNIDADE

Prefeitura de Camboriú embarga loteamento na Várzea do Ranchinho
Barreiras de contenção romperam e lama invadiu as ruas do monte Alegre





A prefeitura de Camboriú, por meio da Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (FUCAM), notificou e embargou um loteamento na Marginal Oeste, na Várzea do Ranchinho, na manhã da última quarta-feira (30).

A loteadora está trabalhando no preparo da área com cortes, aterros e taludes. Devido as fortes chuvas dos últimos dias, uma grande quantidade de lama desceu e invadiu várias ruas do Monte Alegre, como a Monte Agulhas Negras, Monte Pitangueiras, Monte Cruzeiro, Monte Branco e outras. 

Os fiscais da Fucam foram até o local e solicitaram na notificação que seja regularizada toda a estrutura de contenção e seja solucionado o problema de drenagem nas vias, da cidade, que foram afetadas. “Romperam as estruturas de contenção do loteamento e toda lama desceu para às ruas. As atividades da empresa estão suspensas até que toda a situação seja regularizada”, explica a presidente da FUCAM, Liara Rota Padilha.  

De acordo com o secretário de Obras, Juscelino Kazmierczak, o sistema de drenagem dessas ruas ficou bastante comprometido. A Secretaria de Obras trabalha no local desde terça-feira, com homens e máquinas limpando a lama das vias. Depois da notificação, os responsáveis pela empresa enviaram equipes para fazer a limpeza e caminhão hidrojato para desobstruir as bocas de lobo.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



COMUNIDADE  |   22/01/2021 21h32





COMUNIDADE  |   21/01/2021 18h39


COMUNIDADE  |   18/01/2021 14h18